Publicado por: Da Redação | sábado, 1 maio, 2010

Repente, a arte do improviso

Por Graciliano Cândido

O Repentista leva a sua mensagem improvisada a diversos locais e em cada ponto deixa as pessoas felizes, contentes ou até mesmo emocionadas.  Na casa do Cantador de Ceilândia é comum encontrar um nordestinos afinando a viola e declarando alguns versos.

No dia do Trabalhador a dupla Chico Félix e Djalma Faustino fizeram um repente especial para esse dia e para o morador de Ceilândia (celeiro dos nordestinos), confira abaixo o Vídeo.

Para levar um dos profissionais do repente para o seu evento, basta entrar em contato diretamente com a Casa do Cantador pelo telefone: 3378-5067 ou se preferir, entrar em contato com um dos cantadores:

Rock e Terezinha

8149-1935/ 8155-6455

Pereirão do Nordeste

8169-7184/ 8127-9445

Roberto Silva

8220-9639

Chico Félix e Djalma Faustino

8220-9673/ 8146-9730

Serviço:

Casa do Cantador DF

QNN 32, área especial, Ceilândia Sul

Contatos: (61)3378-5067 / 3378-4891
E-mail: casadocantadordobrasildf@gmail.com

Publicado por: Da Redação | sexta-feira, 12 junho, 2009

São João do repente é na Casa do Cantador

Por Graciliano Cândido

Se depender dos repentistas e das bandas de forró animação não vai faltar no São João do repente da Casa do Cantador de Ceilândia. As atrações são inúmeras e o objetivo é não deixar o salão vazio.

São inúmeras as atrações com diversos artistas do nordeste para animar a noite toda. A festa começa a partir das 19hs com repente, coco da embolada, trios de pé de serra, bandas de forró, mamulengos. As barraquinhas com comidas típicas não ficam de fora.

Um dos destaques da festa é a apresentação de quadrilhas com pessoas vestidas a caráter, roupa remendada e as mulheres capricham nos vestidos bordados.

SERVIÇO:

São João do Repente da Casa do Cantador

Local: Casa do Cantador de Ceilândia

Data: 19 e 20 de junho a partir das 19hs

Publicado por: Da Redação | segunda-feira, 3 maio, 2010

Casa do Cantador tem novo Diretor

Por Graciliano Cândido

Repentistas Chico Felix (D) e Djalma (Foto: Graciliano Cândido/ NF)Desde o início do mês de abril a direção da Casa do Cantador do Distrito Federal tem novo gestor. Saiu Rosa Alves e ocupa a cargo Marques Célio Rodrigues. Ele espera realizar diversos eventos na Casa no decorrer do ano com o apoio do empresariado local para a execução das atividades. Além de reativar o projeto Cantadores na Escola, onde leva os repentistas até as escolas públicas de Ceilândia para mostrar a cultura nordestina aos estudantes do Ensino Fundamental e Médio.

Para os idosos, o objetivo é retomar com as atividades do Ginástica para a 3º idade com viola, aliar a dança com a prática esportiva para manter a saúde.

Os interessados em levar o projeto para a escola, basta entrar em contato com a Casa do Cantador e agendar, assim como os empresários que queiram apoiar os eventos da instituição.

Veja a programação:

– 07/05 Messias e Valdenor de Oliveira às 19hs

– 22 e 23 de maio: São João do Cantador

– Julho: Festival Regional

– Agosto: Gincana Cultural em Parceria com o IESB

– Setembro: Festival Nacional de Repente

– Outubro: Encontro Roda de Viola (Cantador com estilo gaúcho/ mineiro)

– 19/11: Dia do Cordelista

– 11/12: comemoração do Aniversário de Luiz Gonzaga

* Programação sujeita a alterações.

Publicado por: Da Redação | domingo, 16 novembro, 2008

Release – Regulamentação da Profissão de Repentista pela Câmara Legislativa

Aprovado no dia 06 de agosto de 2008 pela Comissão de trabalho, de Administração e serviço público da Câmara Legislativa o repentista como profissional na área cultural.

Confira o release completo: release-casa-do-cantador

Publicado por: Da Redação | domingo, 16 novembro, 2008

Repentista, o profissional do improviso

O repentista tem o dom na música, na poesia. Pequenas palavras se tornam versões que cativam o sorriso das pessoas. Confira a dupla de repentistas José Roque e Terezinha da Casa do Cantador:

Publicado por: Da Redação | domingo, 16 novembro, 2008

Relatório – Casa do Cantador

A casa do Cantador passou por grandes dificuldades. Confira as mudanças que ocorreram nos últimos anos. relatorio-casa-do-cantador

Publicado por: Fábio Guedes | domingo, 16 novembro, 2008

Aniversário de 21 anos.

Fotos do aniversário de 21 anos da Casa do Cantador

Publicado por: Fábio Guedes | sábado, 11 outubro, 2008

Breve histórico da Casa do cantador

Inaugurada em 9 de novembro de 1986 e localizada em Ceilândia, cidade que concentra um grande número de imigrantes da Região Nordeste, a casa do cantador é considerada o Palácio da Poesia e da Literatura de Cordel no Distrito Federal. O local é palco de apresentações de grandes nomes da cultura nordestina, como cantores de repente e embolada; exposição de culinária nordestina, inclusive a cozinha do local recebeu o nome de Maria Bonita; oficina de música e trabalhos de inclusão digital. Conta também a biblioteca batizada de Patativa do Assaré, na qual é possível encontrar um grande acervo de cordéis, entre eles exemplares de Jorge Amado e Ariano Suassuna. 

 

Além de centro de cultura, a casa possui um alojamento com a estrutura semelhante à de um pequeno hotel. Quando grandes escritores de outros estados vêm à Capital Federal para participar de eventos, podem ficar alojados na casa gratuitamente por um período de até 40 dias. Isso contribui para que artistas que não têm muitos recursos possam vir apresentar seus trabalhos em eventos no Distrito Federal, como a Feira do livro. Além de aumentar o intercâmbio entre os artistas do DF e de outros estados.

 

Projetada por Oscar Niemeyer, a casa é a única obra do arquiteto fora do Plano Piloto. Sua arquitetura é mantida quase original, visto que a administração anterior fez algumas alterações, na qual tirou uma porta e acrescentou janelas de vidro. A atual administradora alterou as cores da fachada e teve que voltar a pintura original por exigência do próprio Niemeyer, que não permite modificações em suas obras. A casa apresenta uma concha acústica que permite a evasão do som para todo ambiente, assemelhando-se a um teatro, onde é possível ouvir com clareza até nas últimas fileiras da arquibancada. Essa característica torna a casa um ótimo palco para a propagação da cultura nordestina, seja por meio da música ou do teatro.

 

Por nove anos a Casa do cantador ficou sob responsabilidade da Administração de Ceilândia, que estava descaracterizando a proposta original do local. Chegando até a alugar o espaço como salão de festas, com a alegação de que seria para manter os custos, pois faltava apoio do governo. No inicio deste ano a Secretária de Cultura do Distrito Federal retomou o espaço e está promovendo uma reforma que deve se estender até dezembro.  A atual administradora da casa, Rosália Alves Bezerra, é filha de um dos fundadores, e aposta na revitalização do espaço, e no resgate daquilo que seu pai criou.

 

 

 

Categorias